quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

DESAPEGO



"O que é preciso para o desapego é compreender e aceitar nossos apegos e aprender a ver e compreender que no apego existe dor, medo, inveja e ansiedade. É verdade que a pessoa não consegue evitar que as impressões se formem no cérebro e aí se acumulem, porque o cérebro registra automaticamente. Temos padrões de comportamento cerebral. Não precisamos nos dar o trabalho de parar esse registro automático de impressões no cérebro, mas precisamos dar plena atenção a esse processo de registro e aprender a ver nossas próprias reações. O verdadeiro conhecimento não conhece apego; identificar-se, por exemplo, com o corpo e a mente é uma ilusão." 
(C. A. Shinde - Desapego e Sabedoria - Revista Sophia)


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

DHARMA



“Quando as nações da Terra foram criadas, uma após a outra, Deus concedeu para cada uma, uma palavra especial, a palavra que cada uma delas deveria proclamar ao mundo, a palavra especial do Eterno que cada uma deveria falar. Quando contemplamos a história das nações, podemos ouvir esta palavra da boca coletiva do povo, pronunciada como ação, como a contribuição daquela nação à humanidade perfeita e ideal. A palavra dada ao antigo Egito foi Religião; para a Pérsia a palavra foi Pureza; para a Caldéia a palavra foi Ciência; para a Grécia, Beleza; para Roma, Lei; e para a Índia, a primogênita dentre as Suas filhas, para ela Deus concedeu uma palavra que resumia todas em uma só: a palavra Dharma. Esta é a palavra da Índia para o mundo.”
(Annie Besant)

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

O PODER DOS PENSAMENTOS

"O pensamento é uma força que molda a si mesma para se tornar uma entidade ativa. Ele sobrevive por um período mais longo ou mais curto, dependendo da intensidade do pensamento e da paixão que o animam. Se os pensamentos forem repetidos, uma energia renovada é adicionada à forma que havia sido criada. Como resultado, cada pessoa vive em meio a um mundo de entidades-pensamento autocriadas, um pequeno mundo de influências. Assim criamos um karma e nos tornamos responsáveis por muito mais do que nossas vidas pessoais. 

(Radha Burnier )


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

AS LEIS CÁRMICAS


"É uma doutrina muito antiga, conhecida de todas as religiões e filosofias e, desde o renascimento do estudo científico no Ocidente, tem-se tornado um dos postulados fundamentais do conhecimento coordenado moderno. Se alguém joga uma pedrinha numa poça, ela causa ondas na água; essas ondas se espalham e finalmente batem nas margens que rodeiam a poça; e, diz a ciência moderna, as ondas são traduzidas em vibrações, que são levadas para fora para o infinito. Mas, a cada passo desse processo natural, há uma reação correspondente a cada uma e a todas as miríades de partículas atômicas afetadas pela energia que se espalha.”
(Dr. Douglas Backer - Leis Cármicas)





domingo, 17 de fevereiro de 2019

REFLEXÃO



“Os desastres se acumulam sobre a cabeça do homem que ancora sua fé na parafernália externa antes do que na paz da vida interior, que não depende do modo de vida exterior. De fato, quanto mais desfavoráveis as circunstâncias e maior o sacrifício envolvido por viver em meio a elas, mais perto a pessoa chega da meta final pela própria natureza das provas que ela tem de vencer. Não é sábio, portanto, se deixar atrair demais por quaisquer manifestações externas de vida religiosa, pois tudo o que existe no plano da matéria é efêmero e ilusório, e deve conduzir ao desapontamento.”
(Annie Besant) 

sábado, 16 de fevereiro de 2019

O CORPO FÍSICO




“O corpo é o instrumento da ação e da experiência. Através dos acontecimentos da
vida que nos atingem com tanta rapidez, formamos hábitos mentais, conceitos e ideias e,
mais ou menos baseados nisto, agimos. O corpo é um instrumento valioso para o progresso
de nossa alma, mas não é realmente nós, é nosso para nosso uso. Pelos seus nervos
sensoriais ganhamos impressões que modelamos em conceitos. Pelos seus nervos motores
atuamos em nosso ambiente.”
(Clara M. Codd)


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

A LIBERDADE



“ Liberdade significa a capacidade de agir guiado pela alma, e não compelido por desejos e hábitos. Obedecer ao ego leva à escravidão; obedecer à alma leva a libertação.
Até você agir, você é livre, mas depois que agiu, o efeito da ação o perseguirá, quer queira ou não. Essa é a lei do karma. Você é uma pessoa que pode agir com liberdade, mas quando realiza determinado ato, deverá colher os frutos desse ato. 
A libertação do homem pode ser definitiva e imediata, se ele assim o quiser; não depende de vitórias externas, mas internas.”
(PARAMAHANSA YOGANANDA)

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

A FORÇA DO PENSAMENTO



"Hoje em dia se encontra muito generalizada a ideia do poder e influência do pensamento. Essa influência não atinge somente o pensador, mas também ao meio onde ele vive e atua. É muito antigo o conhecimento desse fato, pois uma velha escritura hindu vinha dizendo há milênios: ‘o homem se converte naquilo que ele pensa’, e todos os grandes instrutores religiosos e filósofos insistiram sobre a necessidade da boa ética na aplicação do pensamento e as responsabilidades que implica."
(Annie Besant e C. W. Leadbeater)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

A JUSTIÇA DIVINA




“Por que é que muitos dos nossos desejos não são atendidos e que numerosos filhos de Deus sofrem intensamente? Deus, com sua divina imparcialidade, não poderia fazer alguns de Seus filhos melhores que os outros. Ele fez, originalmente, todas as almas iguais, e à Sua imagem. Elas receberam, também, os maiores dons de Deus: livre arbítrio e o poder de raciocinar e agir segundo a razão.
Em algum ponto, em algum momento no passado, [elas] violaram as diversas leis de Deus e produziram, consequentemente, resultados consoante as leis. (...)
O homem usou mal essa independência que Deus lhe deu e, desse modo, trouxe a si próprio a ignorância, o sofrimento físico, a morte prematura e outros males. Ele colheu o que semeia. A lei de causa e efeito [carma] aplica-se a todas as vidas.” 
(Paramahansa Yogananda – No Santuário da Alma)


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

A VERDADE INTERIOR



"Conhecer a verdade interior é diferente de perceber essa verdade através de uma teoria religiosa ou espiritual, de uma compreensão ou um entendimento filosófico ou de qualquer outro processo intelectual. Conhecê-la é ter um contato direto com ela, sem subterfúgios ou alegorias de qualquer tipo. Todos nós temos potencial para chegar a esse conhecimento, para provar desse cálice, que está cheio do vinho da sabedoria e do amor. Basta fazermos o trabalho necessário para despertar esse conhecimento."
(Antonio Monteiro dos Santos - O Silêncio e a verdade interior - Revista Sophia, nº 52 )